Novidades da HWC 2018

Willian Santos, 14 de dezembro de 2017

Como de costume de ocorrer anualmente, o Halo World Championship volta em 2018, desta vez com “novos” patrocinadores. Tudo sobre premiações e  calendário estará nesta matéria.

Patrocinadores

A maior novidade do dia, sem dúvidas, é a volta da grande MLG, que fez história em Halo 2, Halo 3 e outros jogos da franquia. Após muitos pedidos da comunidade pela saída da ESL, a MLG retornará.

“Estamos entusiasmados com a oportunidade de nos reconectar com os fãs do competitivo de Halo em todo o mundo e entregar HCS verdadeiramente memorável em 2018”, disse Adam Apicella, vice-presidente de operações da MLG.

Além da MLG, a Gfinity, ESL Austrália e Gamelta também irão trabalhar na HWC, organizando eventos qualificativos.

Formato e Regiões

Serão 8 times da América do Norte, 2 da Europa, 1 da América Latina e 1 da Nova Zelândia e Austrália.

Classificatórias da América do Norte

12 times serão classificados para a fase de grupos, onde haverão 4 grupos e 96 times poderão se inscrever na Open Bracket e disputar por 4 vagas.

Os primeiros e segundos colocados de cada grupo irão ser classificados para o mundial, mas continuarão jogando o torneio para definir premiações e seeds do mundial.

Europa/Londres

O melhor time  se classificará para o mundial. Será um torneio de dupla eliminação.

Austrália/Nova Zelândia

Os 2 melhores times se classificarão para o mundial.

América Latina

Chegou a hora do nosso continente, que terá uma grande mudança. A América Latina se dividirá em duas sub-regiões: México e América (Argentina, Brasil, Colômbia e Chile). Será 1 time classificado para o mundial.

Mais informações em breve.

Surface

Graças aos servidores em LAN do Halo 5 de Windows 10, todas as estações do mundial usarão da tecnologia Surface, da Microsoft.

Fontes:

HaloWaypoint



Comentários