Resumo da HPB Duplas #3

Willian Santos, 14 de novembro de 2017

No dia 31 de Outubro, ocorreu o terceiro torneio de duplas da Halo Project Brasil, que teve 18 duplas inscritas, sendo 14 duplas brasileiras, 3 colombianas e uma equatoriana.

Duplas

  • Innate Talent 

GT: tolkien HCS ; Hellyeah HCS

  • Eduardo e Fabio

GT: Eduferah10 ; Fabe17

  • Nightfall Warriors

GT: JRxandinho  ; jeferson117MC

  • Double sHoT

GT: SoLiD 117 ; Ph9 NaRuTo sHoT

  • Team CMBR

GT: Z bolboy ; Giba hcs

  • Hard To Kill (HTK)

GT: MisledPillow4 ; MDCL Gamer

  • Merciless

GT: MG Breicks; MG Twisty

  • Marcos e Gabriel

GT: Marcos Gamer27 ; Elgrizzly23

  • IGN VS CM

GT: ToxicKingDark ; EliteKillerXll

  • Team Ambiton

GT:  EcuaHaloGod ; Consciens

  • Doubles Nobre

GT: Jeffy ZION 7 ; CMBRCaf3tao07

  • Cesar e Welleson

GT: cesinho96 ; soon panda

  • Physis Esports

GT: Noisyboy NB ; Br3ziinhaT3D

  • Equipe Caveira

GT: Miguelspartan06 ; TKINAS BR

  • PRIDE

GT: Denpride ; lXAndreyXl

  • 1 Cara & Uma Widow

GT:  A Dud3 ; Grilo

  • Spartans 

GT: CRWs R4fael ; Ruas 13

  • Young Talent

GT: RIIPON ; Wz TheLuffy HCS

Formato

Seguindo a tradição, o torneio foi divido na chave dos perdedores e na chave dos vencedores. Todas as duplas começaram na chave dos vencedores e ao perder foram desclassificadas para a chave dos perdedores, onde poderiam perder apenas uma vez.

A final foi feita pelo vencedor da chave dos vencedores e o vencedor da chave dos perdedores.

Confrontos

Na primeira rodada, todos os confrontos foram terminados em 2×0, destacando a vitória de duplas com jogadores que são relativamente novos no competitivo, como a Hard To Kill, que venceu a experiente dupla IGN VS CM. Mas também, as duplas favoritas, que eram a Mercilles Gaming e a 1 Cara & uma Window, se deram bem.

Na chave dos perdedores da mesma fase, a dupla colombiana Innate Talent eliminou a dupla brasileira IGN VS CM, que não se esperava uma eliminação tão precoce. Além disto, as outras duas duplas colombianas Pride e Young Talent foram eliminadas, sendo a Young Talent por W.O.

Na terceira rodada, avançaram Mercilles, Doubles Nobre, Team Ambition e a 1 Cara & Uma Window.  Na losers, houveram 3 W.O, nos confrontos Physis Esports VS Team Innate, Spartans VS Nightfall Warrios e HTK VS Caveira.

Na final, o time 1 Cara & uma Widow, que foi enviado à looser pela MG, sai vitorioso da loosers e volta para disputar a final com a MG, onde demonstraram um estilo de jogo totalmente diferente do que a primeira vez que foram contra a Mercilles, com um controle de mapa e jogo que não haviam demonstrado antes. Assim, conseguiram ganhar da MG em mapas onde a própria MG tinha saído vitoriosa nas semifinais. Vale ressaltar que durante esta primeira MD5, o jogador Twisty, da MG, em um determinado momento, foi capaz de batalhar sozinho contra a dupla 1 Cara & uma Widow, derrotando os dois players. Apesar disso, a dupla 1 Cara & uma Widow demonstraram uma adaptabilidade que surpreendeu a todos que acompanhavam o campeonato e com isso forçou a MG a ter uma segunda MD5, onde cada mapa foi muito disputado. Qualquer erro que qualquer uma das duplas cometessem era punido pela equipe adversaria, onde se via uma liderança apertada em cada rodada.

Ao final da segunda MD5, a MG saiu vitoriosa novamente, demonstrando toda a sinergia que a dupla Breicks e Twisty (membros da MG) possuem, após  muito treino e fazerem parte dos mesmos times há anos.

Vale ressaltar que esta final disputadíssima também demonstrou que o cenário competitivo brasileiro não é composto por uma hegemonia de um time só. A dupla 1 Cara & uma Widow, sem treino, conseguiu eletrizar a final juntamente com a MG. Se os jogadores trabalharem duro e treinarem de forma consistente, o cenário competitivo pode crescer ainda mais. Treinem, joguem e participem! Só assim o cenário competitivo de Halo crescerá no Brasil. Agradecemos a todas as equipes que participaram do campeonato, esperamos ver vocês no próximo!



Comentários